Câmera Polaroid Cube é voltada a usuários atrás de ação.


Primeira câmera digital "lifestyle action" da Polaroid, a Cube conquista usuários pelo formato divertido (um cubo de 3,5 cm² envolto em uma faixa clássica da marca e disponível nas cores preta, vermelha ou azul) e pela resistência a quedas, batidas e água.



Por outro lado, o preço sugerido de R$ 670 e os barulhos irritantes a cada ação são bem pouco agradáveis.

Em poucas etapas é possível colocar a prática Cube para funcionar. Durante os testes do UOL Tecnologia, a câmera apresentou ótimo desempenho nas tarefas. Após ligá-la, basta apertar o botão uma vez para tirar foto. As imagens possuem qualidade de até 6 megapixels. Já com dois cliques, o usuário começa a gravar vídeos. A câmera filma em HD (High Definition) com resolução 720p ou 1080p, a escolher.



Ambos os modos são captados com lente "fisheye" (olho de peixe) – aquela que dá o efeito de o centro da imagem ser maior que as laterais – e possuem angulação de 124º.

O problema é que, cada vez que o usuário aperta o botão principal da Cube, ela faz um barulho. Ligou, três apitos. Foto, um assobio longo. Vídeo, mais dois bips. Depois de um tempo, os alertas começam a incomodar.

Outro ponto que atrapalha é a falta de memória interna. Apesar de vir com um cartão microSD de 4 GB, caso o acessório esteja lotado e você precise urgentemente gravar um filme ou tirar uma foto, sua oportunidade estará perdida. Em compensação, o dispositivo é totalmente emborrachado para protegê-lo de quedas e batidas. O produto também é à prova d'água e suporta uma profundidade de 2 metros.

A Polaroid Cube ainda possui microfone embutido, ímã na parte de baixo e cabo USB 2.0. Ela também funciona por 90 minutos ininterruptos. Para otimizar a experiência do usuário, a marca disponibiliza oito acessórios que permitem acoplar a câmera em bicicletas e em capacetes. Entre eles estão pingentes de silicone, tripés e correias.

Fonte: Uol

Custom Search

 
Traduzido Por: Template Para Blogger